Como educadores, lancemos boas sementes...

.

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Participação no Programa BATE-PAPO - Educar com vara - Parte 1

Segue a primeira parte da  minha participação no Programa bate papo , da rede Super de televisão. Conversamos sobre a polêmica lei da palmada. É correto bater nos filhos ou não?
Nesta primeira faço uma contextualização histórica acerca da violência doméstica.
Você pode assistir abaixo, ou, se estivar muito lento, assista diretamente no Youtube, clicando no link:


http://www.youtube.com/watch?v=sutJ67xljyk


Participação no Programa BATE-PAPO - Educar com vara - Parte 2


Nesta segunda parte falo sobre Desenvolvimento Humano e como corrigir as crianças em cada fase.
Se estiver muito lento, assista diretamente no youtube:


http://www.youtube.com/watch?v=FHAOryEsI-I&feature=related


domingo, 26 de fevereiro de 2012

Conflitos X Relações Saudáveis


Esta receita de bolo chegou a mim através de um amigo do grupo Comunidade Educativa, Luis Alberto Bassoli. Eu gostei muito e resolvi compartilhar aqui no blog.
Na sua vida cotidiana, você está preparando receita de" bolo de conflitos" ou "bolo de relações saudáveis?" Veja como instaurar conflitos através desta receitinha abaixo...Se quiser viver em paz com as pessoas, e´melhor não seguir a tal receita....

Receita de Bolo de Conflito Insolúvel

1. Junte na mesma vasilha, valores, interesses e/ou identidades diferentes. Distorça-os a gosto e misture-os bem até que eles sejam percebidos como incompatíveis.
2. Escale o conflito com o objetivo de satisfazer apenas as suas necessidades e desconsiderando as necessidades da outra parte.
3. Transforme a outra parte em adversário.
4. Use coerção ou violência para impor sua postura ao adversário.
5. Encontre uma solução que satisfaça 100% dos seus objetivos, sem levar em consideração os interesses do adversário.
6. Alargue o conflito e introduza aos poucos outras pessoas ou grupos não diretamente relacionados à discordância original de maneira a aumentar o numero de aliados.
7. Polarize. Introduza novos assuntos ao conflito de maneira a torná-lo mais complexo e aumentar a área de atrito.
Importante: desconsidere completamente o mérito individual de cada um dos assuntos introduzidos. Assuma que o inimigo, por definição, está sempre errado.
8. Torne vencer mais importante do que ser justo.
9. Deixe o conflito crescer até que o relacionamento entre os inimigos esteja muito comprometido.
10. Jamais tente entender o ponto de vista do inimigo. Tentativas de comunicação civilizada tendem a diminuir o crescimento da massa do conflito.
11. Cubra o conflito com argumentos unilaterais. Agarre-se a eles e intensifique ações contra o adversário continuamente. Convença-se de que não existe alternativa senão intensificar o conflito.
12. Caia na armadilha: dedique cada vez mais tempo, esforço, recursos ao conflito. Pensar em resolução utilizando métodos pacíficos ou comunicação com a outra parte pode resultar na sua redução ou eliminação. A comunicação honesta e racional entre adversários pode acabar com as discordâncias.
13. Sirva muito quente.

Baseado no “Modelo de Dinâmica de Escalação de Conflitos” (LeBaron, M., & Pillay, V. (2006). Conflict Across Cultures: A Unique Experience of Bridging Differences. Boston: Intercultural Press). Elton Simões mora no Canadá há 2 anos. Formado em Direito (PUC); Administração de Empresas (FGV); MBA (INSEAD), com Mestrado em Resolução de Conflitos (University of Victoria). Email: esimoes@uvic.ca.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Conquistas das mulheres


Entre as várias lutas travadas pelas mulheres ao longo da história, há exatamente 80 anos, no dia 24 de fevereiro de 1932, as mulheres conquistavam o direito ao voto.
 Entre as mulheres que lutaram por esse direito destaca-se Josefina Álvares de Azevedo. Fundadora do primeiro jornal feminino de repercussão (A Família), em 1888, na cidade de São Paulo,. 
Ela sempre se manifestou em favor da emancipação social da mulher.
Mais importante do que ser emancipada, do que conquistar direitos é entender a importância do nosso papel na construção de uma sociedade equilibrada.
Somos nós mulheres, que educamos homens e mulheres, através do privilégio da maternidade.
Na educação, ainda há predominância das mulheres nos anos iniciais, quando se formam os valores e a ética. 
Podemos contribuir, como mulheres, para um mundo melhor. Faça sua parte. Eu estou fazendo a minha.....

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Reeducando o olhar


Aquela poderia ser mais uma manhã como outra qualquer. Eis que um sujeito desce na estação do metrô de Nova York, vestindo jeans, camiseta e boné. Encosta-se próximo à entrada. Tira o violino da caixa e começa a tocar com entusiasmo para a multidão que passa por ali, bem na hora do rush matinal.

Mesmo assim, durante os 45 minutos em que tocou, foi praticamente ignorado pelos passantes. Ninguém sabia, mas o músico era Joshua Bell, um dos maiores violinistas do mundo, executando peças musicais consagradas, num instrumento raríssimo, um Stradivarius de 1713, estimado em mais de 3 milhões de dólares. Alguns dias antes, Bell havia tocado no Symphony Hall de Boston, onde os melhores lugares custaram a bagatela de mil dólares.

A experiência no metrô, gravada em vídeo, mostra homens e mulheres de andar ligeiro, copo de café na mão, celular no ouvido, crachá balançando no pescoço, indiferentes ao som do violino.

Esse é mais um exemplo daquelas tantas situações que acontecem em nossas vidas, que são únicas, singulares e a que não damos importância.
A criança que corre espontaneamente ao nosso encontro e se pendura em nosso pescoço, o colar que ela faz, contornando-nos o pescoço com os braços não está à venda em nenhuma joalheria… E o calor que transmite dura o quanto durar a nossa lembrança.
A conclusão a que chego é simples:

SE NÓS NÃO TEMOS TEMPO PARA PARAR E OUVIR UM DOS MELHORES MÚSICOS DO MUNDO TOCANDO ALGUMAS DAS MELHORES MÚSICAS JÁ COMPOSTAS, QUANTAS OUTRAS COISAS MAIS NÃO ESTAMOS PERDENDO ??
 É PRECISO REEDUCAR O NOSSO OLHAR.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Participação no Programa Bate Papo, da Rede super


Na semana passada gravei o Programa "Bate Papo" da Rede Super de televisão. Ele será exibido na data abaixo,pela rede super canal 21 ou 23 net: ( vc pode assistir também pela internet, no site da Rede super de Televisão)

TEMA: Só um tapinha não dói.
segunda-feira, 20 de fevereiro.
horário: 9h45 às 11h15.

Conversamos sobre a educação das crianças, e sobre a polêmica Lei da palmada, que já foi aprovada pelos deputados e seguiu para o senado. A lei proíbe os pais de praticara qualquer tipo de castigo físico para com seus filhos.Discutimos a legitimidade do Estado na interferência familiar, destacamos  os textos bíblicos sobre o assunto e mostramos os altos índices de violência doméstica revelados por pesquisas nacionais e internacionais.
Assista, pois as reflexões estão muito boas!

domingo, 12 de fevereiro de 2012

Whitney Houston: um talento que se foi

A morte da cantora Whitney Houston me levou ás lágrimas. Sim, eu era fã. Ela começou sua carreira cantando na igreja. A voz, um presente de Deus, era inigualável. Uma pena vê-la morrer tão nova e longe das origens, do evangelho.
Fiquei pensando que muitas vezes recebemos algo de Deus e não usamos como deveríamos.
Ou, muitas vezes, não usamos de jeito nenhum. Enterramos nossos talentos.
Você é um bom ouvinte? Visite as pessoas, vá aos asilos, aos hospitais. Está cheio de gente querendo ser ouvida...
Você é eloqüente, fala bem? Dê uma palavra de ânimo a alguém, encoraje, anime as pessoas.
Você tem o dom de ensino? Crie grupos onde você possa ensinar algo, participe de projetos como voluntário. Mova-se.
A quem muito foi dado, muito será cobrado.
Você está fazendo algo pelas pessoas com o dom e talento que Deus te deu?
Será que estamos glorificando o nome dEle com tudo que Ele nos dá?
Pense nisto e comece já..

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Relações Interpessoais

Um dos pilares das relações é o perdão. Sem ele não conseguimos perpetuar nenhum tipo de relacionamento, seja ele no campo pessoal ou profissional.Veja a reflexão do pastor Jeremias Pereira:


PESSOAS QUEM DEVEMOS PERDOAR.

Os pais vivos ou mortos. Perdoar por todos os erros cometidos contra você. No mínimo deve haver gratidão por eles nos terem gerado. Estamos vivos. Deixe de ser criança e cresça gente boa. Vá lá fale com eles perdoa-lhes e peça perdão. Se seus pais já morreram, perdoa-lhes e eles não vão lhe incomodar mais. Pare de se queixar de seus pais.

0s “Exs”. Ex-namoradas, ex-noivos, ex-cônjuge. Se não deu certo, ninguém tem 100% de culpa. (você culpa, acusa, conserva ira e mágoa até hoje?!). Assuma sua parte, perdoe o outro e pare de se queixar. A queixa reabre feridas.

Família e familiares. Viver em família é tenso também. Sempre haverá troca de “coices”. Perdoar e pedir perdão fortalece e sara a família. Pare de se queixar de sua família.

Os que lhe causaram ( ou causam) dor. Chefes, colegas, amigos, estranhos, sócios e outros. Solte estas pessoas. Cada vez que se lembrar delas declare alto: você está perdoado e lhe desejo felicidades. Isso lhe fará bem e o sarará no intimo. Pare de se fazer de vítima.

A si mesmo. Já fizemos muita bobagem: fomos imprudentes, fofoqueiros, cruéis, impuros sexualmente, mentirosos, e a lista segue. Coloque estes fardos nas mãos de Cristo e pare de carregá-los. Deixe de se condenar por algo que você não pode mais mudar. Diga a você mesmo: Cristo me perdoou na cruz, Logo eu posso perdoar a mim mesmo.

Peça perdão a quem você feriu. Escreva, telefone, faça uma visita. Expresse seu arrependimento sincero. Não vá lá com aquela conversa mole: “se por acaso eu tive feri”. Isso não é arrependimento. Arrependimento é confissão sincera, geram libertação interior independente se a reação da pessoa é positiva ou negativa.

A falta de perdão afeta de modo negativo seu relacionamento com Cristo, sua personalidade e atrapalha sua jornada de sucesso. 

Tire estes espinhos de seu coração.


quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Você sabe o que é NADEZ?

Tenho sido colunista do jornal interno da faculdade UNINTER, de Curitiba. Na minha coluna escrevo sobre carreira. A proposta são artigos curtos, que informam e fazem refletir. Abaixo segue meu primeiro artigo deste ano:




sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Palestra em Rio Piracicaba


Estive ontem na cidade de Rio Piracicaba, Minas Gerais. Dei uma palestra para todos os professores da Rede Municipal e alguns da Rede Estadual. Foi uma Aula Magna de abertura do ano, programada pelo Secretário de Educação, Sr. Sérgio Mayrink, que está ao meu lado na foto.
Conversamos sobre as Inquietações e Desafios da Escola, tema que dá título ao meu livro.
Na palestra fiz um apanhado geral, relatando casos reais, acerca das questões que mais têm inquietado os que estão interagindo ou atuando, de alguma forma, nas escolas hoje.
As principais inquietações dos educadores de hoje são:

• inclusão em seu sentido amplo: Como lidar com a DIVERSIDADE étnica, racial, socioeconômica, de gênero, opção sexual, com as deficiências visíveis e invisíveis, dentro da sala de aula;
• indisciplina e violência;
• aprendizagem dos alunos, ou falta dela;
• novas metodologias, tecnologias e formas de avaliação;
• carreira docente: pressão, de todos ao lados (governo, pais, diretores, alunos), por uma educação de qualidade, porém sem o menor respaldo logístico, acadêmico, financeiro compatível com as exigências às quais os educadores estão sendo submetidos.
A proposta do trabalho foi desencadear reflexões, estimular novas práticas educativas e difundir informações.
Falamos ainda sobre a importância do trabalho em Equipe para o fortalecimento das ações da escola. Articular ações entre escolas, professores e comunidade é fundamental para se obter sucesso.
Ao final, momento para perguntas. Elas giraram em torno da violência, indisciplina e inclusão. Farei novo post, mais detalhado, acerca destas questões.
Desejamos que nossas contribuições possam ajudar os professores a refletir sobre a educação e sua amplitude.
Houve um lanche ao final do evento e tivemos 200 livros vendidos! Estou com a mão doendo de tanto fazer dedicatórias... Na foto ao lado você pode ver o tamanho da fila!
Fui recebida com imenso carinho!
Agradeço a Deus pela oportunidade e a Prefeitura pelo convite!


Se vc quiser conhecer e compra meu livro, acesse o link abaixo:
http://www.wakeditora.com.br/pesquisa/pesquisa.php?texto_procura=Priscila&tipo_procura=todos