Como educadores, lancemos boas sementes...

.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Entrevista publicada no jornal popular, de Goiânia

Na semana passada dei uma entrevista ao jornal Popular, de Goiânia com o tema:
"Como escolher a escola do seu filho?"
Pois bem, a entrevista foi publicada no domingo passado.
Passada fiquei eu, porque não cortaram nem deturparam NADA do que eu falei. A entrevista ocupou duas páginas! Fiquei muito feliz! Estou analisando a melhor forma de escanear, de forma que fique legível, para disponibilizá-la para todos.
O momento agora é de escolher bem, olhar tudo o que as escolas estão se propondo a fazer.
Parabéns ao jornal pela fidelidade e ética demonstrada.

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Qual é o seu diferencial?

O mercado de trabalho brasileiro está em plena ascensão. Há vagas em diversos setores e para uma grande gama de profissionais. Mas, o mercado empregador procura profissionais diferentes, que irão incorporar um novo conhecimento à organização e contribuir para mais ganhos na empresa.


Ser ótimo em sua área de atuação não basta. Isso já se tornou obrigação. Você precisa apresentar um diferencial competitivo, uma qualificação que nada tem haver com sua atividade profissional, algo que o destacará entre a multidão.

Acesse sites, leia livros, aprenda várias línguas, assine jornais. Faça um novo curso, uma pós graduação, um curso de extensão, de curta duração. Ampliar seus conhecimentos fará com que você amplie sua visão, fuja da acomodação e trabalhe a flexibilidade.

O que não pode, de jeito nenhum é ficar parado. Pense em algo e vá correndo garantir seu lugar no futuro!

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Os valores do século XXI

Quino, o cartunista argentino autor de Mafalda, desiludido com o rumo deste século no que diz respeito a valores e educação, deixou impresso no cartoon o seu sentimento:




É incrível como o cartunista conseguiu expressar, de forma genial, os valores do século XXI. Como educadora, sinto-me na obrigação de não deixar que estes valores se perpetuem. 
É preciso resgatar muitas coisas: a solidariedade, a ética, a PAZ... Há muito a ser feito. Eu não vou me omitir, e você?

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Te desejo tudo de menos...

Lendo blog de um amigo meu, Jayro Larossa, deparei-me com uma mensagem intrigante. Li, refleti e resolvi que agora desejarei aos meus amigos TUDO DE MENOS.
"Menos ansiedade, menos inimizades, menos coisas entulhando sua casa, menos compromissos que não acrescentam nada, menos hipocrisia, menos coisas no armário, menos mágoas, menos enfermidade circulando no sangue, menos dores de cabeça, menos traiçoeiras fantasias, menos dúvidas sobre o que é fundamental.
 Menos correria inútil, menos culpa, menos medo do futuro, menos cumprimentos constrangidos, menos coisas que se podem comprar, menos dívidas, menos cobranças, menos crítica, menos raiva, menos vazio na alma. Desejo a você a subtração do que faz morrer.
Desejo a você a presença incomparável do Cristo, que nasceu, viveu, morreu e ressuscitou para nos dar o perdão total, a vida eterna. Tudo, menos o mal."