Como educadores, lancemos boas sementes...

.

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Arrependimentos


Bronnie Ware, enfermeira norte-americana, que lida com doentes terminais lançou um livro que aponta os maiores arrependimentos de pacientes à beira da morte.
Nele ela conta que excesso de trabalho e distância de amigos está entre arrependimentos dos pacientes."The top five regrets of the dying" (Os cinco principais arrependimentos de pacientes terminais) é um livro que vai fazer você repensar sua vida.

Em seu site oficial, a escritora explica que, com base na sabedoria compartilhada por pacientes terminais, ela consegue contar sua história pessoal e explica como teve a vida transformada por meio da tristeza das pessoas que morriam à sua volta. Os Cinco Arrependimentos são:

1. Eu gostaria de ter tido coragem de viver uma vida fiel a mim mesmo, e não a vida que os outros esperavam de mim
2. Eu gostaria de não ter trabalhado tanto
3. Eu gostaria de ter tido coragem de expressar meus sentimentos
4. Eu gostaria de ter mantido contato com meus amigos
5. Eu gostaria de ter me deixado ser mais feliz

O que fica bastante claro quando vejo histórias como essas é que as pessoas devem refletir sobre suas escolhas enquanto têm vida e tempo para fazê-las.
Minha dica é a seguinte: se você pensa que, no futuro, pode se arrepender do que está fazendo agora, talvez não deva fazer. Faça o caminho que te deixe em paz e feliz.
Para que no fim da vida, você possa dizer feliz: eu faria tudo de novo, exatamente do mesmo jeito.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Palestra na Igreja Presbiteriana de Venda Nova, sobre como criar filhos na pós modernidade


Estive ontem, pela manhã, na Igreja presbiteriana de Venda nova, onde fui muito bem recebida!

Falamos sobre a nova família brasileira, segundo os dados recentes do IBGE.
Famílias, tradicionais, Famílias monoparentais, Famílias recasadas, Famílias ampliadas e Famílias não convencionais.
Destacamos o fenômeno da globalização e as pressões que ela nos traz, bem como suas repercussões para as relações familiares. Por último, falamos sobre as várias facetas da educação e dos cuidados que os pais devem dispensar aos filhos:


Cuidados físicos:
-Alimentação, sono, cuidados pessoais, sexualidade;
Cuidados afetivos:
- Construção da auto estima, através de elogios da pequenas conquistas, valorização das qualidades do seu filho, contatos físicos, como abraço, beijo etc.
Cuidados Pessoais e Sociais:
-Importância da delimitação de regras claras e colocação de limites. As regras sociais devem ser observadas e cumpridas, para que as relações com as pessoas sejam harmoniosas.É necessário também um monitoramento das amizades dos filhos, bem como estar atentos ao que eles estão tendo acesso,  principalmente através da internet.
Cuidados Cognitivos:
-Cuidar do intelecto do seu filho também faz parte dos cuidados essenciais. estimular a leitura, levá-lo em atividades culturais, conversar sobre atualidades e cultura geral.
Cuidados espirituais:
-Ler a bíblia, orar, envolver-se em atividades sociais, contribuir financeiramente.Foi um momento muito rico e abençoado!

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Sabedoria

No Japão, o único profissional que não precisa se curvar diante do imperador é o professor, pois segundo os japoneses, numa terra que não há professores não podem haver imperadores.
                                        Sabedoria pura!!!!


domingo, 22 de janeiro de 2012

Existe racismo no Brasil?


Como educadora e cristã, não posso deixar de dizer que estou escandalizada com o que vejo na internet: anúncios de emprego que nos lembram os tristes tempos da escravidão. É desanimador perceber como o racismo à brasileira é tão real duradouro.
A foto do cartaz ao lado, que é de uma recrutadora do Rio de Janeiro, se espalhou nas mídias e redes sociais. Segundo o Jornal do Brasil, a pessoa identificada apenas como "Russo", ainda sem saber da repercussão do seu anúncio, esclareceu para algumas pessoas que telefonaram para saber da vaga que "se for um mulato bem clarinho, pode".
Quando questionado sobre a razão da negativa para negros, "Russo" justificava que era um pedido dos condomínios para os quais os trabalhadores seriam mandados
É assustador que algum empresário neste país tenha a coragem de expressar tal discriminação quando temos uma lei que prevê o racismo como crime inafiançável.
A escola tem um papel fundamental na mudança de paradigmas e na construção da auto estima das pessoas.
Entenda-se por auto estima, um sentimento e opinião que cada pessoa tem de si mesma. É na infância, no contato com o outro, que construímos ou não a nossa autoconfiança.
As experiências do racismo e da discriminação racial determinam significativamente a auto-estima dos adultos negros.
Então, o caminho para construção da auto estima está calcado em uma sociedade mais justa e igualitária, no reconhecimento e valores de cada indivíduo como um ser essencial.
Eu sou contra o racismo, e você?

sábado, 21 de janeiro de 2012

Entrevista para o portal Terra

Dei uma entrevista para o portal Terra sobre o papel da escola na educação de pessoas que saibam lidar com a diversidade. O enfoque da matéria é a convivência com pessoas que tenham necessidades especiais. Aceitar as limitações dos outros é o primeiro passo para uma convivência harmoniosa e principalmente para descobrir e trabalhar nossas próprias limitações.
Confiram a matéria na íntegra, clicando no link abixo:

http://noticias.terra.com.br/educacao/noticias/0,,OI4934778-EI8266,00-Educar+para+as+diferencas+e+papel+da+escola+diz+pedagoga.html

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Metas



Não adianta nada ter asas

para voar, se você não tem

pra onde ir...

Nenhum vento ajuda a quem não sabe pra onde navegar!


terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Generosidade

Neste vídeo, as crianças nos surpreendem e nos ensinam que é possível fazer o mundo ficar melhor. E você, já compartilhou algo com alguém hoje?.


domingo, 15 de janeiro de 2012

Entrevista no canal 23 sobre os desafios da educação

Estive hoje na rede super de televisão, no programa "Bate papo". A dinâmica do programa é bem informal. Foram convidados três debatedores para conversar sobre os desafios da educação.
O primeiro grande desafio da educação é promover uma escola para todos. A garantia do acesso é um direito fundamental.
Depois temos que assegurar a qualidade da educação. Não adianta estar na escola e não crescer cognitivamente, afetivamente, socialmente.
A violência também é um grande desafio para a escola hoje.
Nas participações foram levantadas algumas questões, que, segundo os participantes também são grandes obstáculos a serem transpostos:
número elevado de alunos em sala de aula, ausência da familia no processo de educação das crianças, baixa valorização do professor.
Enfim, são muitos os desafios.
Ao final, foi proposto que se trabalhe dentro dos 4 pilares da educação para o século XXI, proposto por Jacques Delors, em relatório enviado a UNESCO.

domingo, 1 de janeiro de 2012

2012 chegou!

Em 2012, cuide-se.
Cuide da família.
Cuide dos amigos.
Deixe-se ser cuidado por DEUS! E seja feliz!