Como educadores, lancemos boas sementes...

.

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Retomada


Há certas coisas na vida que deixamos de lado, simplesmente porque o tempo passa, novas atividades vão entrando e a gente vai se afastando de fazê-las. 
Andei sumida aqui do blog porque minha vida deu uma pequena reviravolta, uma vez que voltei a trabalhar formalmente, com horário integral e tenho viajado muito. 
Mas sinto falta da escrita, de socializar minhas ideias, pensamentos, indignações. De dividir com amigos coisa que julgo importantes. Portanto, estou de volta.
Ter uma meta de sempre fazer algo novo é uma oportunidade para aprender coisas novas ou resgatar coisas esquecidas. 
Acaba sendo uma ginástica poderosa contra teias de aranha intelectuais, falência muscular generalizada e fermentação da preguiça que ronda nossas vidas. 
A graça de aprender novidades à medida que amadurecemos é que cada vez mais podemos aprender algo porque queremos e não porque precisamos, agora que não interessam mais as provas, as notas, a promoção.
Mesmo atividades retomadas depois de um tempo de abandono trazem a sensação de caixas fechadas que vão se abrindo e informações adormecidas surgindo, como um arquivo que deixamos num canto, guardando dados preciosos para um uso futuro.
Um dia destes resolvi andar de bicicleta, atividade que eu não fazia há pelo menos uns 8 anos. Não caí, andei com destreza e relembrei lindos momentos da infância. E resolvi fazer um colar pra mim, com a inúmeras contas e pérolas que tenho guardadas em minhas caixas no armário. 
Estranheza inicial superada nos primeiros minutos, logo voltando à habilidade pensada perdida como se nunca tivesse parado. Quantas coisas que fazíamos por prazer ou talento foram sendo deixadas por causa de filhos, profissão, compromissos, ou  a famosa frase: isso-não-dá-dinheiro.
Talvez seja chegado o momento de abrir velhos arquivos.
Ter uma listinha do que queremos aprender é bem motivante. Focos de interesse a serem desenvolvidos e retomados, metas a serem alcançadas podem nos ajudar a começar algo e não desanimar de terminar.
 O foco é essencial, pois uma das coisas mais importantes que precisamos aprender é que simplesmente não dá para fazer tudo. Mas dá pra fazer algo...retomar o blog é uma meta que pretendo alcançar!

2 comentários:

  1. simone cristina santos ferreira20 de maio de 2013 08:59

    Ai Pri era o que queria e precisava ouvir!! Te amo linda, mês que vem estarei ai, vou mandar notícias, vamos agendar um encontro no apto novo, rs, bjks linda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aguardrei, com alegria, sua retomada. Venha logo!

      Excluir