Como educadores, lancemos boas sementes...

.

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Você sabe quem REALMENTE gosta de você?

Esta é a pergunta cuja resposta todo mundo quer saber. Alguns cobram, fazem testes, perguntas. Outros tiram as conclusões á partir de situações, observações.
Pois hoje, tive uma experiência ímpar, daquelas que só em filme se concretizam e fiquei pensando que vale a pena acreditar na existência de uma amizade verdadeira.

Em novembro do ano passado, me esqueci do aniversário de uma grande amiga. Ela repara demais nestas coisas e, quando me dei conta do tal " ato falho" já era tarde demais. Eu liguei algumas vezes  e ela não atendeu minhas ligações. Como sei que ela tem bina, deduzi que jamais me perdoaria e que não queria me atender.
Pois bem, pra mim era o fim da amizade e eu fiquei chateada, porque pensei: se uma pessoa é tão sua amiga, será que é tão difícil assim perdoar uma falta?
Tentei ligar algumas outras vezes, mas com o tempo e a correria desisti.

O tempo passou e agora em outubro, fui ao Programa Brasil das Gerais, da apresentadora Roberta Zampetti. No programa eu falei sobre o meu novo livro e sobre o lançamento e ela me viu na TV. Ligou na minha casa, conversou com o meu marido, pegou o endereço da livraria onde aconteceria tal evento e apareceu por lá!

Foi um momento maravilhoso o reencontro e a aceitação, por parte dela, do meu pedido de perdão.

Este ano, adivinha? De novo me esqueci do aniversário dela! Mas, desta vez, ela agiu diferente:
me ligou três dias depois e disse:
-Priscila, eu estou te ligando pra você me dar parabéns pelo meu aniversário! Eu quero receber seus cumprimentos, e vc esqueceu de novo, né? Vem aqui em casa, que eu quero preparar um lanche e comemorar meu aniversário com você.

Agora imagine a minha situação. Fiquei roxa, rosa, vermelha, me sentindo a pior amiga, ou melhor, a pior pessoa do mundo. Mas, ao mesmo tempo, a humildade e a transparência dela, quebrantaram totalmente meu coração.
Hoje passei a tarde com ela e foi um momento muito especial. Ela preparou um lanche delicioso, me recebeu com muita alegria e me deu presentes que havia separado pra me dar, segundo ela, de natal adiantado.
Eu estou sem palavras para descrever a alegria que ela me proporcionou. E os ensinamento de hoje foi o seguinte:
O verdadeiro amor é altruísta.
Obrigada amiga, por fazer com que eu me sinta uma pessoa especial!

7 comentários:

  1. Priscila,
    que bom que a vida da gente é assim um cosntante aprender e ensinar,perdoar e ser perdoado, esquecer e ser lembrado... A amizade não é um parabéns no dia do aniversário é celebrar a vida todo dia, como se fosse o grande dia da vida da gente . Obrigada por compartilhar e edificar com suas palavras a minha vida também. Tenho uma prima que sempre esquece o meu e eu ja acostumei a isso pq sei que to no coração dela , com certeza sua amiga já percebeu isso tb , bjks fica com
    DEUS leh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho aprendido tanto com vc também...Obrigada por tudo. Vc é uma grande amiga!

      Excluir
  2. Disse o meu amigo Wolber, certa vez: "amizade é como esquizofrenia, se acabou então não era..."

    ResponderExcluir
  3. É difícil quando esquecemos do aniversário de um amigo. Às vezes não por culpa nossa, mas pelas circunstâncias!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A vida corrida nos faz ter atitudes que não gostaríamos de ter...aprendi esta lição e agora vou agendar do que não quero esquecer!

      Excluir
  4. Priscila,

    Por vários anos me esqueci do aniversário do "Xara", mas este ano, apareci de surpresa na casa dele. Nem preciso dizer como foi bom, ainda mais que não tinha festa, nem convidados. Apenas a família dele (esposa e filhos), a mãe e eu. Realmente, é muito bom ter um amigo, e agradeço a Deus por ter a alegria de poder chamá-la de AMIGA.
    Grande abraço...

    ResponderExcluir