Como educadores, lancemos boas sementes...

.

sábado, 15 de outubro de 2011

Dia do professor

Hoje no Brasil comemoramos o dia do Professor. Uma figura que , sem dúvida, tem uma participação enorme na vida das pessoas.
Há muitos professores em nossas vidas... Há aqueles que tivemos na escola, no ambiente acadêmico e há aqueles que foram mestres cotidianamente.
Meus pais, são meus primeiros exemplos de educadores.
Amigos, amores, parentes. Pessoas com que aprendi a ser quem eu sou.
Meus mestres queridos, que conheci na escola...Cada um teve seu papel na minha formação pessoal e profissional.
Aprendi com um deles, que sem humildade não chegaria a lugar nenhum. Ele me disse:
" Você é uma menina inteligente, então escute um conselho: nunca despreze as pessoas. Todos tem algo a ensinar!"
Foi um belo conselho. Humildade é ingrediente fundamental para o sucesso do professor.
Uma professora me disse:
" Se você escolher a carreira de educadora, nunca mais vai parar de estudar....".
Verdade. Buscar constantemente e renovar as idéias faz parte de uma carreira de sucesso.
E , por fim me lembro de um professor que me disse uma vez:
"A carreira nunca será valorizada, porque não é interessante ( para o governo) ter um povo educado."
Certíssimo. O governo não investe na educação e no educador, porque se fizesse isto, muitos políticos não se elegeriam....
Eu tenho orgulho de ser educadora e ninguém vai roubar isto de mim!
Parabéns colegas, pelo nosso dia!!!!

Um comentário:

  1. Parabéns pelo seu artigo. Realmente as suas palavras são perfeitas e me remetem à minha época, já que tbem fui professora, porém por pouco tempo, em que ensinar era o que existia de melhor na vida da gente. O amor à profissão era sublime. Tudo era feito com Amor, Humildade e Dedicação. Vc diz de que aprendeu a ser humilde, estudiosa e não pode parar por aqui. São ensinamentos para a vida toda. Desejo, Priscila, que a sua vida seja abençoada por Jesus e os seus caminhos sejam de luz e sabedoria para continuar a sua linda Missão de Educadora. Bjos no seu coração, Nina

    ResponderExcluir